Ingredientes pouco atrativos e acidente marcam episódio do "MasterChef Brasil"

Douglas foi o eliminado da noite - Fotos: Carlos Reinis/Band

Publicado em 10/05/2017 às 09:45:09

Por: Vitor João

Chegando ao Top 15, o “MasterChef Brasil” desta terça-feira (9), na Band, foi de fortes emoções. De pratos com ingredientes nada atrativos a um acidente com gravidade, a tensão impactou a todos.

A prova de classificação para o mezanino vinha com a temida caixa misteriosa. Dentro dela, alguns ingredientes não muito agradáveis para boa parte do público.

Os cozinheiros amadores teriam de trabalhar com coisas como cérebro, fígado, moela, coração e pênis de boi. Para todos eles, aquela não seria uma prova fácil. Para aumentar o nervosismo, Paola Carosella também ingressou nessa etapa, cozinhando à frente de todos.

Douglas, que sempre se destaca pela preparação de doces e sobremesas, confessou ter insegurança no preparo dos insumos da caixa misteriosa. Yuko, sempre bem humorada, optou pelo pênis de boi para seu prato, porém ele não saiu como desejava, tendo de recorrer ao plano B. Quase eliminado no episódio anterior, Leonardo mostrou-se mais atento e centrado no seu prato.

Como destaque, Leonardo, Yuko, Aderlize e Ana Luiza foram os escolhidos pelo trio de chefs. Já Douglas, Mirian e Fabrizio foram os piores na visão de Paola, Erick Jacquin e Henrique Fogaça, sendo penalizados para a prova de eliminação.

Para a próxima fase, o reality teve a presença do chef Thiago Castanho, especialista na gastronomia da região norte do Brasil, tema da eliminatória. Piores na prova anterior, Mirian, Douglas e Fabrizio perderam 15 minutos do tempo disponível para o novo preparo.

Durante o trabalho, Vitor B acabou se cortando gravemente ao descascar uma mandioca, tendo que se retirar para realização de pontos no ferimento, levantando a possibilidade de sua desclassificação.

A situação deixou a todos do estúdio tensos, aumentando ainda mais o nervosismo. Nayane mais uma vez pecpu pelo exagero na quantidade de ingredientes utilizados, o que poderia custar sua permanência no jogo.

No momento da avaliação dos pratos, Fabrizio, Deborah e Valter foram os mais elogiados pelo chef convidado, sendo Valter o destaque dos três. Na avaliação do trio do programa, Taise fugiu do habitual e partiu para uma sobremesa, o que acabou sendo um ponto positivo. Com inteligência, ela soube utilizar os ingredientes típicos da região e foi elogiada pelo feito.

Douglas, que também recorreu à sobremesa, não teve a mesma sorte e mais uma vez errou a mão no preparo do seu prato. Nayane, que no começo da temporada foi colocada contra a parede por Paola se de fato a cozinha era seu lugar, foi reconhecida pela própria e digna de elogios pela sua preparação. Mirian e Michele, que demonstravam força em episódios passados, também foram para a berlinda.

Vitor, que precisou deixar a cozinha para levar pontos pelo corte em seu dedo, retornou e teve como chance dar continuidade ao seu prato com os 49 minutos restantes antes do acidente, numa decisão que surpreendeu a todos. Surpresa que também pegou os jurados, ao verem que o rapaz conseguiu criar um prato com riqueza de sabores mesmo estando ferido e nervoso com a pressão.

Mirian, Michele e Douglas foram os piores na visão dos chefs profissionais e, por apresentar um prato “sem sabor”, Douglas foi o eliminado da noite. Não muito querida pelos parceiros, a continuidade de Mirian não foi muito bem recebida pelos demais competidores.

Agora com 14 participantes, o próximo episódio será um novo desafio em grupo. Mais dois jogadores serão colocados em teste para sabermos se possuem potencial de liderança ou se não sabem trabalhar em grupo. Vamos aguardar.


Vitor João é formado em gastronomia e acompanha assiduamente a maioria dos realities de culinária, como o "MasterChef Brasil"



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS