17/02/2017 às 09:59:19 atualizada às 12:22:07

Ignácio Coqueiro continuará como diretor de Xuxa no segundo semestre

Coluna do Sanduba

Por Sandro Nascimento
Compartilhe »
  
Ignácio Coqueiro continuará como diretor de Xuxa no segundo semestre Reprodução
publicidade
Foi batido o martelo. Com estreia prevista para abril, o novo programa de Xuxa na RecordTV, "Dancing Brasil", será dirigido por Rodrigo Carelli, conhecido por seus trabalhos em "A Fazenda" e "Casa dos Artistas".
 
Ignácio Coqueiro, atual diretor do "Programa da Xuxa", continuará com a apresentadora numa próxima atração que ainda está sendo formatada.
 
Em contato com a coluna, o diretor confirma a informação, mas faz mistério sobre o formato do novo programa, que tem previsão de estreia para junho. "Primeiro vamos aguardar a gravação desta atração ('Dancing Brasil') no primeiro semestre, mas já tenho algo na cabeça de como vai ser", conta.
 
Ignácio Coqueiro dirigiu diversas novelas de sucesso na Globo, entre elas "Mulheres de Areia" e "A Viagem". Na RecordTV, além de tramas, foi um dos grandes responsáveis no êxito do Rodrigo Faro nos domingos da emissora.
 
No final de janeiro, em entrevista exclusiva ao NaTelinha, o diretor falou sobre sua relação com a rainha dos baixinhos: "Sempre admirei ela. Reencontrá-la na Record foi a grande coisa do ano". E completou: "Ela não copia moda. Ela dita moda".
 
Alexandre Avancini não dirige "Apocalipse" por causa de Edir Macedo
 
 
Com o fim das gravações de "A Terra Prometida" em novembro passado, o diretor Alexandre Avancini já está todo envolvido no projeto do filme biográfico do bispo Edir Macedo. O longa tem previsão de estreia para o fim de 2017.
 
Avec, como é conhecido, foi cotado para dirigir a novela "Apocalipse", substituta de "O Rico e o Lázaro", que estreia em março. Mas a impossibilidade de conciliar as duas produções impediu o diretor de assumir o comando da trama. Em seu lugar, foi colocado Edson Spinello, fora da RecordTV desde a minissérie "Rei Davi", em 2012.
 
Tendo no currículo o maior sucesso da RecordTV em novelas, "Os Dez Mandamentos", a escolha do nome de Avancini partiu do próprio líder da Igreja Universal. Prestigiado na casa, o atual contrato do diretor termina em 2019.
 
Procurada pela coluna, a assessoria de imprensa de Avec confirma as informações.
 
O filme do bispo Edir Macedo será baseado na trilogia "Nada a Perder", escrita pelo jornalista e atual diretor de jornalismo da RecordTV, Douglas Tavolaro.
 
Dança das cadeiras
 
Na redação de jornalismo da TV Globo no Rio, está sendo aguardada uma nova dança das cadeiras na apresentação dos telejornais a partir de abril.
 
Pão e circo
 
 
Falando em jornalismo local da Globo, a emissora vem errado a mão na cobertura da maior crise da história do estado do Rio.
 
Os desfiles das escolas de samba e a programação cultural vêm ganhando mais tempo de arte que os problemas acarretados pela situação financeira no "RJTV - 1ª edição".
 
Um exemplo foi a edição desta quinta-feira (16): com quase 43 minutos de produção, nove foram dedicados aos problemas de caixa do governador, o restante foi só festa.
 
Na RedeTV!
 
Enquanto isso na RedeTV!, continua sem previsão novos investimentos na programação local em algumas capitais do país. Mesmo que isso desrespeite a constituição. Quem fiscaliza?
 
Cenógrafo da Globo cria a decoração da "Feijoada do Amaral"
 
No sábado de Carnaval (25), acontece na Barra da Tijuca, em uma ampla área que abrange o Le Club, o Prosa na Cozinha e o Bistrô Lapeyre, a famosa "Feijoada do Amaral".
 
O evento criado pelo empresário Ricardo Amaral na década de 70 é conhecido por receber celebridades nacionais e internacionais.
 
Neste ano, a decoração será de responsabilidade do cenógrafo Mario Monteiro, criador de várias cidades cenográficas da Globo. O tema será uma homenagem aos 100 anos do samba.
 
Eu fico por aqui ou toda hora no Twitter @Sanduba
 
 
publicidade
publicidade

VEJA TAMBÉM


Comentários

* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


publicidade