Marcos escreve carta aberta para Emilly: "Deus viu o que você fez e as pessoas vão ver também"

Cirurgião descreveu todo o amor que sentia pela jovem e mostrou estar magoado

Reprodução

Publicado em 22/04/2017 às 16:18:34

Por: Fabrício Falcheti

Sem falar publicamente sobre Emilly desde sua expulsão do "BBB17", Marcos Harter abriu o coração e desabafou em uma carta aberta publicada neste sábado (22) no Facebook.

Dizendo estar chorando, o cirurgião plástico contou desde o início como se apaixonou pela gêmea dentro do confinamento, criando uma missão para si: "Não precisei de muitos dias na casa para entender a minha missão ali. Sensibilizei-me com a sua história e determinei-me a fazer o possível e o impossível para conduzi-la até a grande final. Eu só não contava com uma coisa: existia um espacinho em meu coração que era exatamente do seu tamanho! E assim a nossa história começou".

"Os dias foram passando e eu fui vivendo uma das mais incríveis histórias de amor da minha vida. Cientificamente, a ideia de avaliar o comportamento de seres humanos mediante confinamento sempre me pareceu fantástica. Fazer parte da experiência fazia tudo ser sensacional, pois provaria para mim mesmo e para um país inteiro que o amor verdadeiro pode existir sim, mesmo em condições laboratoriais", continuou.

O peso em sua consciência era tão grande que nem as palavras que hoje sugerem a verdade você conseguiu segurar

Marcos Harter

Marcos então descreveu que durante boa parte do reality agiu com a razão, mas chegou um momento em que passou a trabalhar com a emoção, lidando com os erros da amada e a defendendo.

O médico falou sobre vários momentos no confinamento, e comentou ter notado uma mudança de comportamento de Emilly quando ele venceu mais um Paredão, já na reta final, contra Marinalva: "Você passou a me olhar de modo diferente a partir do momento em que ouviu minha torcida gritar: 'É campeão!' Seu olhar surpreso estava de acordo com as atitudes que viria a tomar nas 24 horas seguintes..."

A partir daí, relembrou a sua expulsão, após os dois serem chamados no confessionário, e não falou em agressão. "Sei porque na segunda-feira, 10/04, dia de minha eliminação, você estava tão distante de mim... Sei porque você pediu e foi várias vezes ao confessionário... Sei porque você me perguntou o que seria considerado como uma agressão física na mesa enquanto eu esculpia o mascote do programa em um bloco de sabão", disse.

"Na segunda-feira, dia de minha eliminação, ao sair do confessionário pela última vez, você veio até mim na cozinha e me encontrou lavando a louça. Vestia o roupão laranja e arrumava o microfone no braço direito, pois o tinha retirado para ser examinada pelo médico da produção. Sei porque você não conseguiu falar comigo e saiu chorando para fora da casa dizendo: 'Meu Deus... O que eu fiz...'. O peso em sua consciência era tão grande que nem as palavras que hoje sugerem a verdade você conseguiu segurar...", bradou.

"Deus viu sim o que você fez, e, aos poucos, as pessoas vão ver também", falou.

Já no final do longo texto, pediu: "Feche os olhos, respire fundo, vá bem lá dentro de você. Procure um lugarzinho onde você está sentindo uma dorzinha. Aprenda que em toda a história da humanidade, amor e caráter nunca estiveram à venda".

Nesta semana, Marcos Harter foi indiciado por lesão corporal em Emilly Araújo.

Confira a carta na íntegra:



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS